Ano regido por Saturno



O Ano de Saturno

Planeta trará cobranças e realizações para o novo ano
Embora Saturno, geralmente, seja considerado uma referência de algo sombrio, rígido e austero, o planeta possui um lado extremamente benevolente, que nos permite construir nosso mundo interna e externamente. Benevolente, que nos permite construir nosso mundo interna e externamente com muita eficiência. Desde que, é claro, suas lições tenham sido aprendidas.
Saturno não se cansa e tem toda a paciência do mundo quando se esmera em tentar nos ensinar tudo sobre estrutura, responsabilidade, concentração e esforço. Saturno não se contenta com as coisas feitas de qualquer jeito e nos aponta o dedo em busca de competência, estabilidade, durabilidade, compromisso e limites.
Saturno não deseja nada que não seja estritamente necessário e, ao final deste ciclo, se conseguirmos cumprir a nossa parte na missão dada, estaremos bem mais leves, realizados e bem sucedidos.
Saturno é regente de Capricórnio e a cabra montanhesa, símbolo deste signo, com seu empenho e cautela, não deixa a concentração de lado, só tem olhos para alcançar o pico mais alto. Aqui, o passo a passo é que garante sua chegada.
Assim, este ano, as coisas também tendem a acontecer desta maneira. É agora que temos as ferramentas para estruturarmos nossas metas e nos prepararmos para as cobranças de Saturno. Porém, além de reconhecimento, ele nos devolve bases firmes, de durabilidade. É um ano para arregaçar as mangas e espantar qualquer sinal de “vou deixar para mais tarde”.
Quando não compreendemos bem o que está sendo pedido para nós, Saturno ceifa nossos excessos e tudo aquilo que impede o nosso desenvolvimento, por isso pode trazer consigo algumas perdas necessárias. E só mais tarde é que teremos compreensão disso.
A colheita é certa, mas ocorre na medida do esforço do plantio. Talvez seja mais difícil integrarmos esta energia na nossa vida, pois estamos vindo de um ano regido pela Lua, onde os sentimentos, o feminino, a nutrição e os cuidados eram os senhores da vez. Assim, sair do universo da sensibilidade para o da realidade requer adaptação.
Os signos de terra, Touro, Virgem e Capricórnio estão mais afinados com Saturno e suas exigências práticas, mas, os demais signos poderão ter mais dificuldade em compreender, não apenas suas cobranças, mas também a necessidade delas.
E aí, já arregaçou as mangas? Saturno está te esperando!
Mônica Bergamo – Consultora Astrológica do Zastros

0 comentários:

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."

Orson Wells

Fenix

Fenix

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Resolutions for life

Resolutions for life

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert


Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

Addicted

Addicted

FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!

TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!

Memento, Homo, Quiá Pulvis Es Et In Pulverem Reverteris.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó hás de voltar”.