Agripina, mãe do Imperador Romano Nero.

Agrippina Maior (14 a.C. — 18 de Outubro de 33) foi filha de Marco Vipsânio Agripa pela sua terceira mulher Júlia a Maior, e portanto neta de César Augusto, primeiro imperador romano. Foi uma mulher ambiciosa, irascível e cruel, em seu palácio mantinha uma prisão para os escravos. Casou-se três vezes, seu último casamento foi com o imperador romano, Cláudio, seu tio, que governou de 41 à 54 D.C. Casou-se com ele depois da queda em desgraça e execução da imperatriz Messalina. Levou para morar junto, seu filho Lúcio Domício Aenobarbo, mais conhecido como Nero. Fazendo com que o imperador adotasse o menino como filho, dando-lhe direito a sucessão.
Mais do que filho adotivo do imperador, Nero se tornou um xodó do imperador. Ele adiantou a maioridade do rapaz para 14 anos e o casou com sua filha Octavia. Os planos de Agripina aos poucos foram dando certo e no dia 13 de outubro do ano 54, Claudius morreu e Nero, com apenas 17 anos, se tornou o quinto César, na verdade Agripina assassinou o marido com um cogumelo venenoso, que o imperador desprevenido ingeriu num copo de vinho. Para acelerar a subida do filho ao poder. Ela queria usar Nero para governar. E, realmente, nos primeiros cinco anos de reinado, Nero não deu palpites nos assuntos administrativos. Preferia ocupar o tempo entre corridas de bigas e orgias para lá de animadas.
Os problemas começaram quando Nero se apaixonou pela escrava Claudia Acte e sua mãe não concordou. Contra todas as expectativas, rompeu com a mãe, incorporou o titulo de Augusto e resolveu mandar no governo. Agripina tentou reagir, e começou a conspirar contra Nero tentando colocar Britannicus (filho legitimo do imperador, que era mais jovem do que Nero, seu irmão adotivo) no poder, porém, Nero envenenou o irmão durante um jantar.
Depois o imperador virou Roma de cabeça para baixo. Nero foi um dos mais cruéis e despóticos governantes da História. Nero mandou um centurião assassinar sua mãe. Agripina, ao defrontar com o assassino, disse: "feri vetrem". "Fere, destroi o ventre", indicando ao seu carrasco que deveria morrer pelo orgão que gerara tal monstro". Agripina era irmã de Calígula de quem foi suposta amante.

0 comentários:

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."

Orson Wells

Fenix

Fenix

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Resolutions for life

Resolutions for life

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert


Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

Addicted

Addicted

FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!

TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui. Hoje não mais.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!

Memento, Homo, Quiá Pulvis Es Et In Pulverem Reverteris.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó hás de voltar”.