11-10-12


Sonhei com você, um sonho estranho como tudo que se passou no fim, mas era evidente que o meu gostar era muito mais forte que o seu que o meu querer, minha vontade de te satisfazer te proporcionar coisas que você não tinha estava lá. Mas foi um sonho. Por que você me afeta tanto? Por que você entra em minha vida para fazer essa bagunça? A vida brinca comigo quando você está por perto, ela me testa. Testa a minha força de vontade, testa minha vontade, testa meus desejos e eu me vejo sem chão. Mas não é uma coisa simples como um empurrão. É como se você estivesse em cima de um tapete e alguém viesse com a duas mãos, segurasse as duas pontas contrárias e puxasse. E aquilo te jogasse de costas no chão tamanha a força empregada. Por que isso? Por que tanto tempo depois? Por que você? Não consigo entender não vou dizer que estava feliz antes, mas estava indo. Agora há uma confusão de vida e de sentimentos, de esperanças e desejos que não é normal, não era para acontecer. E eu luto. Não pense que não, eu luto, luto contra por que a gente nunca quer sofrer, a gente nunca quer se colocar na mão do outro. Seja por que propósito for, mas apesar da gente poder decidir o que fazer com relação aos nossos sentimentos se vamos agir ou se não vamos agir os sentimentos ainda estão lá. Estão latentes, estão dormentes, estão pulsando como uma brasa de um fogo que a gente acha que apagou. Mas é só assoprar, é só dar um pouco de oxigênio que ele volta a crepitar que ele volta a queimar que ele volta a pulsar e a doer como já doeu um dia. E você não quer você quer por que já passou por isso e o fim não foi o desejado, o desejado foi que não tivesse fim mas a gente não manda nos desejos das outras pessoas. É eu sei, é complicado. Complicado de entender, complicado de explicar, complicado de imaginar. Mas a gente é forte, a gente vive, vai levando as coisas renovando as esperanças, conhecendo outras pessoas tentando se conformar com presente que não era bem o futuro que nós sonhávamos mas é o que se apresenta para nós.
Então...
Então vai ficar como está, se não houver uma vontade real, uma conversa franca, uma coisa verdadeira, vai ficar como está. Não sei se isso é bom ou se é ruim. Para quem é bom, para quem é ruim, mas é o que temos verdadeiramente é o que nós temos o distanciamento. É o que se tem. Não o que se deseja. Conheço muitas pessoas que tem o que não desejam e desejam o que não tem. Pelo menos sei que não estou só neste barco. Tenho muitos amigos comigo.
Por que você?
Por que assim?
Por que? 

0 comentários:

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."

Orson Wells

Fenix

Fenix

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Resolutions for life

Resolutions for life

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert


Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

Addicted

Addicted

FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!

TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!

Memento, Homo, Quiá Pulvis Es Et In Pulverem Reverteris.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó hás de voltar”.