Sem voltar a dormir

Ela teve um sonho, nítido como se fosse real. O segundo andar de uma mansão havia um segurança a sua porta. Os pais do rapaz dormiam no quarto ao lado mas a porta era distante como se o quarto fosse tão grande que fazia uma curva. O segurança estava lá não com o intuito de proteger, mas encarcerar. Ela sai a porta range. Ela fala com o segurança: _ Está fazendo barulho, não? Pode ver isso amanhã? Sim, ele responde secamente sem olhá-la. Ela vai ao banheiro. Na volta, a porta novamente reclama. O ambiente é escuro a única luz é uma fraca e difusa luz na mesa de cabeira que separa as duas camas. Mas com a abertura da porta a luz no quarto é aumentada, mas ela consegue ver em fração de segundos o quarto. Pesadas cortinas descem do teto ao chão em listas de tons de vermelho que parecem escuros com listas mais finas e claras, são duas cortinas, uma em cada estreita janela. O quarto é pequeno, quase claustrofóbico e essa é a razão de ser do tamanho que é. Quase exato das camas, sem armários, sem banheiro, como se fosse uma luxuosa prisão. Existem duas camas de solteiros a perto das janelas está coberta com a colcha do mesmo material e padronagem das cortinas só que não está desfeita. Por cima dela há um homem deitado enviesado com os pés para fora, a cabeça no travesseiro e as mãos por debaixo da cabeça. A cama perto da porta também tem a mesma colcha, mas está revirada, mostrando que por debaixo da padronagem vermelha em listas há dois belos e brancos lençóis. Um no colchão e outro por debaixo da colcha. Ele vira o rosto a ela com os olhos abertos. Ela diz: _ Me desculpe, se te acordei, fui ao banheiro. Isso enquanto voltava a deitar na cama desfeita. Então ele se levanta, senta na em sua própria cama e enquanto ela se deita ele se debruça sobre ela, com as duas mãos no colchão em cada lado de seus ombros ela já completamente deitada o ver se aproximar seu rosto cada vez mais perto até chegar com seu olho esquerdo bem próximo ao dela e diz: Não se preocupe, eu não durmo mesmo! Ela de bruços, em seu quarto, na segurança de sua casa, em sua cama acorda em um sobre salto. E não volta mais a dormir.

0 comentários:

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."

Orson Wells

Fenix

Fenix

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Resolutions for life

Resolutions for life

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert


Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

Addicted

Addicted

FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!

TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!

Memento, Homo, Quiá Pulvis Es Et In Pulverem Reverteris.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó hás de voltar”.