Elenco MdM: Mulher Maravilha


Elenco MdM: Mulher Maravilha!

Publicado em abril 23, 2012 por paulo em Nerd Show

Ah, vá! Eu podia estar matando, eu podia estar roubando, cheirando cola, pegando traseirão em ônibus ou falando do filme dos Vingadores… Bem, pelo menos eu não estou fazendo isso ainda!

Estes dias estava vendo pela Tv o behind the scenes do último Fúria de Tantãs (eu não vi e nem deixei nenhuma das minhas filhas ver) e, entre uma explosão michaelbayana na Idade Clássica e outra, fiquei pensando: Caralho! Por que ninguém tira um filme da Mulher Maravilha daí?
Pois sim, negada! Ao contrário dos mimimizentos preguiçosos por aí, eu acho que a Maravilhosa tem um puta potencial para o cinema, e, mais do que isso, uma baita força para mostrar algo que é a cara do UDC mas que é bem pouco explorado no cinema: o lance dos legados. A DC traz com muito mais força a noção de que, passado um certo tempo, um herói acabará cedendo o manto para outro mais jovem – isso é a premissa básica, inclusive, de várias séries, sendo a principal delas o elseworld Gerações, do John Byrne (mas tem outras. De cabeça, me lembro de DC Um Milhão e Lanterna Verde: Gerações Esmeralda, Gerações do Medo). É justamente nesse ponto das gerações/legados que eu penso umaduologia (ou Bilogia – sem duplos sentidos). Eu até tentei me forçar para pensar numa trilogia, mas me dei conta de que era bestagem – dois filmes solo bastam à personagem, ao menos num primeiro momento.
Então vamos aos filmes!
Para Mulher Maravilha, a amazona (o primeiro filme) o elenco seria composto por:
Monica Bellucci – Rainha Hypólita/Mulher Maravilha
Eu preciso mesmo justificar? Não bastasse ser linda como o pecado, Bellucci ainda tem um porte real e é uma atriz como poucas. Seu biotipo não-americano seria excelente para lembrar a todos das origens européias da personagem, e sua forma física não dariam nenhuma dúvida de que essa mulher era sim capaz de socar alguns monstros e nazistas. E antes que os bacharéis e diplomatas mimimizem a idade da atriz, se a equipe de efeitos visuais conseguiu brincar com a idade de Brad Pitt em O Curioso Caso de Benjamim Button, podem fazer o mesmo com uma matéria-prima de alta qualidade como a Monica (ah, e nem preciso falar que eu estou ignorando solenemente a natureza loira da Hypolita da Era de Ouro ou do desenho da Liga, né?).
Héracles (Hércules): Clive Owen
Para fazer não mais que uma ponta, o grande Clive Owen daria um Hércules e tanto, umgigante para ninguém botar defeito, como diria o falecido Coxinha. Com suas feições digamos, rústicas, Owen cumpriria muito bem o papel de chegar, seduzir a rainha e suas súditas, estuprá-la e sair levando o famoso cinturão. Só. Sem contar que Clive já se mostrou como um bom guerreiro clássico em Rei Arthur, e já atuou com Monica Bellucci no dolorosoMandando Bala.
Ares/Joseph Goebbels: Michael Fassbender
Mesmo com algumas derrapadas na carreira (tipo Jonah Hex e Um método perigoso), Fassbender não só é bom ator como tem uma presença de tela bem bacana. Por isso ele é uma excelente escolha para o vilão principal da trama, o deus da guerra Ares (com aquele visual fechadão e encouraçado pensado pelo George Pérez para o personagem), como também teria o carisma necessário para ser o braço direito do Führer. A expressão dissimulada de Fassbender, meio frio demais, seria a exata medida para um braço direito que dá a nítida impressão de estar esperando somente a hora certa para assumir a mesa.
Steve Trevor: Chris Noth
O papel mais difícil de escalar alguém foi o do galã – seja por uma questão orçamentária, seja porque o papel do mocinho em um filme da Mulher Maravilha precisa ser secundário é que os habituais astros de meia-idade tinham de ser descartados, aí tive de recorrer ao apoio do Srª Porco para achar um galã de cachê não muito alto e pra lá dos 40 anos. Chris Noth, de The Good Wife e Law and Order é perfeito para o papel do experiente piloto que cai numa ilha totalmente desconhecida e não mapeada – e acaba por acidentalmente iniciar o drama do segundo ato do filme.
O Oráculo: Lynda Carter
Outra participação especial, daquelas feitas simplesmente para delírio dos fãs. Oras, os dramas gregos são recheados de vaticínios inevitáveis previstos por oráculos misteriosas. A sempre linda Lynda Carter faria esse papel, da sacerdotisa/sábia que, depois de anunciar (e não ser ouvida) à Rainha os infortúnios que viriam, também será a porta voz dos designos dos deuses para restabelecer a liberdade das amazonas.
Hera, Athena e Artemis: Anjelica Huston, Julianna Margulies e Kate Beckinsale
Eu gosto da noção de uma trindade de deusas como sugere o Neil Gaiman (acho que a ideia nem deve ser dele, mas enfim). Praticamente aparecendo apenas em pequenas pontas, Hera, Athena e Artemis são as protetoras das amazonas. Para tanto, a experiência e presença deAnjelica Huston, a placidez de Julianna Margulies e a fibra de Kate Beckinsale dariam vida e cor com perfeição a elas.
Afrodite: Bryce Dallas Howard
Existe um motivo para que Afrodite esteja fora do grupo das deusas listado acima. Quem lembra um pouco de mitologia há de recordar que ela e Ares tiveram um enrosco – dando um capacete pontudo para o manco Hefestos. A ideia então é que a deusa da beleza até esteja presente, mas muito mais colaborando com o amado do que fazendo qualquer outra coisa – por vingança pelo fato de as amazonas terem esquecido dela em seu pedido de socorro.
Diretor: Alfonso Cuarón (Harry Potter e o Prisioneiro de Azkabam; Filhos da Esperança)


Cuarón é um bom diretor, mas muito pouco aproveitado – o que é excelente, porque faz dele uma contratação de custo razoável. Alfonso é dono de uma direção segura e, essencial num filme com duas ambientações de época tão distintas (e tão sufocantes), sua direção é bem escura, suja. Além disso, ele já mostrou que sabe trabalhar com criaturas mitológicas e cenários contemporâneos arruinados.
A Trama
O primeiro longa seria um épico clássico em dois atos: No primeiro, mostraria ao espectador o reino das amazonas, sua vida como caçadoras sob o reinado da benevolente Rainha Hypólita. A vida pacata delas seria radicalmente alterado com a chegada de Herácles e seus companheiros, em busca do Cinturão de Hypólita (o nono dos doze trabalhos dele). Derrotadas e humilhadas, as amazonas são deixadas para trás praticamente abandonadas pelos deuses.
Hypólita, a rainha, oferece-se em sacrifício às deusas Hera, Athena e Ártemis para que possa vingar a ofensa sofrida e se reerguerem. As deusas então dão às amazonas uma ilha mágica, escondida dos olhos dos homens, mas que encontra-seinfestada de monstros e degredados – para se apossarem do lugar, as mulheres guerreiras precisam vencer (e prender no acesso ao Tártaro que há na ilha) todos os monstros, o que dá uma ocasião legal para batalhas com monstros épicos. Vencidos esses desafios, inicia-se um novo reinado de paz e segurança entre as guerreiras. O segundo ato se inicia vários séculos depois do exílio autoimposto das amazonas. Ainda em busca de vingança por ter sido deixada de fora na devoção das súditas de Hypólita, Afrodite tenta incitar a desarmonia entre elas, fazendo com que o avião pilotado por Steve Trevor durante a II Guerra Mundial caia na ilha. Hypólita resolve então vestir novamente suas armas e retornar ao mundo do patriarcado, que está perigosamente abalado: aparentemente os deuses tem muito a ver com isso!
É isso. No final do filme, vemos então que toda trama estava sendo contada por alguém: é a Oráculo, e sua espectadora não passa de uma garotinha de cabelos negros na Ilha Paraíso…
Pronto, uma trama até simples, sem muito segredo ou mistério, e com um gancho para uma continuação… Da qual eu vou falar também numa continuação deste post, porque por ora já deu, né?

0 comentários:

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."

Orson Wells

Fenix

Fenix

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Resolutions for life

Resolutions for life

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert


Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

Addicted

Addicted

FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!

TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!

Memento, Homo, Quiá Pulvis Es Et In Pulverem Reverteris.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó hás de voltar”.