Atores que faleceram e que você talvez não saiba...

Todos ficamos sabendo das mortes de atores famosos como Paul Newman ou Marlon Brando ou ainda Heath Ledger devido a repercussão massiva nos meios de comunicação. No entanto, há outros muitos atores que não atingiram em nosso país a repercussão necessária para serem populares, ou bem eram atores coadjuvantes. O certo é que muitas vezes nos perguntamos: o que aconteceu com aquele ator? Por que nunca mais vi um filme com ele? Aqui você recorda esses rostos nem tão populares que para grande parte do público não têm nome. Se você é um cinéfilo, esta lista não lhe fará falta, mas se não, é seguro que se surprenderá. Não estão todos os que são, mas são todos os que estão...
Obs: Fora o caso de Brittany Murphy que estava começando, mesmo após anos de carreira a despontar no cenário de filmes.


John Ritter (1948-2003)

John Ritter sempre será recordado como o pai meio bobão de "O Pestinha" e "O pestinha 2". Atuou em várias séries e filmes e também fez muito sucesso no teatro, se convertendo em uma estrela da Broadway. Ele é recordado por seu bom humor e afabilidade. Em 2002 estreou o seriado "Eight Simple Rules for Dating My Teenage Daughter", que se converteu em um inesperado sucesso nos EUA. Enquanto gravava um capítulo da segunda temporada sofreu uma disecção na artéria aorta e morreu no hospital. A rede ABC decidiu continuar
com a série, e fez um capítulo especial no qual seu personagem morre que atingiu uma audiência de mais de 20 milhões de espectadores, um dos programas mais vistos dos últimos 30 anos.


Bruno Kirby (1949-2006)

Bruno Kirby sempre foi um ator coadjuvante, um escudeiro do protagonista, mas que atingiu um grande respeito entre o público entendido e cinéfilo. Seus personagens costumavam ser quase sempre simpáticos que criavam uma empatia com o espectador, e participou de grandes filmes do cinema, como "O Poderoso Chefão II", "Bom dia Vietnã", etc. Ademais, acompanhou Billy Cristal em seus dois grandes sucessos da comédia, "Harry e Sally - Feitos um para o Outro" e "Cowboys da cidade". Sem dúvida um coadjuvante de luxo que morreu devido a uma leucemia que acabara de ser diagnosticada.


J.T. Walsh (1943-1998)

J.T. Walsh converteu-se no tipo depreciável favorito da América graças a seus papéis, nos quais costumava encarnar vilões malvados e imorais. Converteu-se em um dos homens-maus do cinema de Hollywood, ainda que essa imagem de malvado nada tivesse que ver com sua verdadeira personalidade. Era um ator muito querido quando aos 54 anos de idade, um fulminante ataque cardíaco acabou com sua vida em seu momento de maior glória internacional.


 
Michael Jeter (1952-2003)

Michael Jeter era outro dos rostos populares do cinema há alguns anos, além de ser um ator muito querido e respeitado por toda a comunidade. Tornou-se especialmente popular com seu papel em "À espera de um milagre", interpretando o preso francês condenado a morte. Gay assumido teve problemas com álcool e drogas, mas sempre manteve uma visão aberta sobre os mesmos. Foi diagnosticado com AIDS em 1997 e morreu de complicações em 2003 com 50 anos.

Alexander Godunov (1949-1995)

Godunov era primeiro bailarino do mítico balé Bolshoi, quando desertou da URSS e foi viver nos EUA em plena guerra fria, o que causou uma crise diplomática entre as duas potências. Rapidamente converteu-se em ator, atingindo a fama em pouco tempo, graças a seu físico e seu carisma, e a papéis como os que realizou em "Um dia a casa cai" e "Duro de matar". Seus graves problemas com o álcool desencadearam em uma trágica morte por causa da hepatite quando tinha 45 anos de idade.

Roy Scheider (1932-2008)

Roy Scheider foi um ator com uma carreira cheia de altos e baixos, mas indubitavelmente marcada de sucessos como "O trovão azul", "Maratona da morte", "Operação França" e, sobretudo pela saga de "Tubarão". Além do famoso seriado "Seaquest", e vários musicais e obras de teatro da Broadway. Durante os últimos anos de sua vida combateu um mieloma múltiplo que finalmente causou sua morte. Sem dúvida um dos rostos mais populares desta lista.

Jonathan Brandis (1976-2003)

Jonathan Brandis converteu-se nos anos 90 na estrela do público infantil. Passeou seu rosto angelical por múltiplas séries de televisão e filmes destinados a esse público. Converteu-se em um dos produtos mais explorados, sobretudo depois da trágica morte de River "o eleito" Phoenix. Com o final do século XX e coincidindo com o cancelamento da série "Seaquest", sua carreira caiu no ostracismo, o que lhe causou problemas de depressão e de drogas. Depois de um pequeno papel em "A Guerra de Hart", Brandis acreditava que poderia voltar a fazer sucesso, mas após suas cenas serem eliminadas, enforcou-se com tão somente 27 anos. Brad Renfro seguiria seus passos alguns anos depois.

Bernie Mac (1957-2008)

Comediante profissional e ator ocasional. Bernie Mac converteu-se nos últimos anos em um dos rostos mais conhecidos da comédia norte-americana, tendo protagonizado vários filmes. Em 2005 sofreu sarcoidose, o que causou graves danos a seus pulmões o que resultou numa pneumonia que terminou com sua vida quando se encontrava no seu melhor momento profissional.

Ulrich Mühe (1953-2007)

Ulrich Mühe ficou mundialmente conhecido com seu papel no genial filme alemão "A vida dos outros". O ator tinha grandes problemas estomacais, com suas conseqüentes operações. Pouco tempo após o sucesso do filme (ganhador do Oscar de melhor idioma não inglês), anunciou que sofria de um câncer de estômago que lhe obrigava a adiar múltiplos projetos (entre os quais seu salto a Hollywood). Morreria no dia seguinte. Sem dúvida poderia ter se tornado um dos atores mais importantes do momento.

Richard Crenna (1926-2003)

É evidente que Richard Crenna não morreu jovem, mas muitos de vocês não sabiam que ele já havia falecido. Ator dos anos dourados de Hollywood e com uma grande carreira, atingiria a imortalidade não obstante com a saga de "Rambo", encarnando o coronel Trautman. Nos últimos anos de vida vinha parodiando a si mesmo em comédias "Top Gang - ases muito loucos".

Chris Penn (1965-2006)

Chris Penn, o irmão mais novo de Sean Penn, foi um ator e cineasta um tanto fora dos padrões. Participando, sobretudo em projetos de cinema independentes. Participou em filmes como "A lei da rua", "Footlose", etc. Seus melhores papéis foram em "Amor a queima-roupa" e "Reservoir Dogs", de Quentin Tarantino. Em sua juventude teve grandes problemas com as drogas, e com o passar dos anos foi ganhando peso de uma forma desproporcional. Morreu aos 40 anos por um problema de coração, devido aos excessos da juventude, seu peso e sua excessiva carga de trabalho.

Matthew Garber (1956-1977)

Matthew Garber será reconhecido por todos como o menino de dois grandes clássicos da Disney, "O Feiticeiro da Floresta Encantada", e principalmente por, "Mary Poppins", compartilhando o papel principal em ambos os filmes com sua colega, Karen Dotrice. Apesar de ter contrato com a Disney, dedicou alguns anos de sua vida a viajar com sua família e a aventurar-se no teatro. Comeu carne podre na Índia, o que posteriormente lhe causaria uma pancreatite hemorrágica que acabaria com sua vida aos 21 anos de idade. Alguns disseram que Garber teria tido problemas com as drogas, mas isto foi desmentido por sua família. Hoje teria 52 anos.

Chris Farley (1964-1997)

Chris Farley foi uma das grandes estrelas da história do "Saturday Nigth Live". Tão gordo quanto carismático e simpático, Farley tinha sobre si a sombra do genial John Belushi, com quem todos o comparavam. Nos anos 90, a prática habitual do SNL de fazer filmes com personagens e atores do programa, transformou Chris em uma estrela internacional da comédia. No entanto, em meados dos 90 sua saúde agravou-se seriamente, não por seu peso, mas por seus excessos com as drogas e o álcool. Exatamente como aconteceu com Belushi quinze anos antes, Chris veio a falecer por overdose de drogas aos 32 anos de idade.

Lane Smith (1936-2005)

Lane Smith foi um popular ator americano. Colega de Dustin Hoffman e de Al Pacino e entre outros, no Ator's Studio. Habitual em seriados de televisão tornou-se um rosto mundialmente conhecido com seus papéis em filmes como "Meu primo Vinny" e em seriados como "Lois & Clark: as novas aventuras de Superman". Em abril de 2005 foi diagnosticado com uma doença degenerativa conhecida como de "Lou Gehri", morrendo três meses depois.
Vincent Schiavelli (1948-2005)

Vincent Schiavelli era um dos rostos mais populares das telas americanas desde os anos 80. Não em vão, tinha um físico muito peculiar e pessoal. Era um cara muito querido e respeitado no mundo artístico dos EUA. Participou em filmes como "Um estranho no ninho", "Amadeus", "Ghost", além de muitos seriados de sucesso na televisão. Faleceu de câncer de pulmão aos 57 anos.

Mako (1933-2006)

Nascido em Kobe, Japão, em 10 de dezembro de 1933, recebeu o nome de Makoto Iwamatsu, mas ficou conhecido nos Estados Unidos como Mako, ator que trabalhou em centenas de séries e filmes ao longo de cinco décadas. Ele morreu aos 72 anos no dia 21 de julho de 2006, em Somis, Califórnia, vítima de câncer no esôfago. Mako cresceu no Japão, sob os cuidados dos avós. Quando estorou a 2ª Guerra Mundial, seus pais contribuíram com o U.S. Office War Information, o que lhes garantiu residência fixa em território americano. Aos 18 anos, Mako foi morar com os pais e tornou-se cidadão americano aos 26 anos. No cinema seus filmes mais conhecidos foram Conan - o Bárbaro, Conan - O Destruidor, Herança Nuclear, Sete Anos no Tibet, O Grande Lutador, Highlander 3, Robocop 3, Sol Nascente, Morando com o Perigo, O Samurai, Tucker - Um Homem e seu Sonho, Pearl Harbor e Memórias de uma Gueixa. Seu último trabalho foi no filme Rise, de Sebastian Gutierrez, com Lucy Liu, que está em fase de pós-produção. Mako era casado com a também atriz Shizuko Hoshi, com quem teve duas filhas.

Lloyd Bridges (1913-1998)

Estreou na Broadway em 1936 como figurante em Frenshman Love e também destacou-se na TV com o famoso seriado Aventura Submarina (1957-1961), num total de 155 episódios que se tornaram muito populares. Apareceu em cerca de vinte filmes B da Columbia Pictures. Alto, loiro e de feições rudes, era o ideal para faroestes e filmes de ação, tendo abandonado o estúdio que o contratara em 1945. No início da década de 1950, Bridges testemunhou perante o Comitê de Atividades Anti-americanas, confirmando sua filiação ao Partido Comunista. De longa e profícua carreira cinematográfica, seu último filme, Máfia!, uma sátira em cima de O Poderoso Chefão, foi lançado em sua homenagem no mesmo ano de sua morte. Ficou mundialmente famoso por estrelar a série de TV Aventura Submarina, exibida originalmente entre 1957 e 1961. Formado em arte dramática apareceu pela primeira vez no cinema no começo dos anos 40, por sua participação em grupos teatrais radicais acabou entrando para a lista negra do FBI na era do McCarthysmo. Bridges estudou artes dramáticas na UCLA, onde conheceu Dorothy Simpson, com quem veio a se casar e a ter dois filhos, os também atores Beau Bridges e Jeff Bridges. Morreu aos 85 anos de idade vitimado por problemas cardíacos. Possui uma estrela na Calçada da Fama localizada em 7065 Hollywood Boulevard.

Phil Hartman (1948-1998)

Alguns meses após a perda de Chris Farley, a família do Saturday Nigth Live sofria outra perda ainda mais trágica, a do cômico canadense Phil Hartman. Habitual coadjuvante em comédias do selo SNL, Hartman foi reconhecido, sobretudo por seus papéis de dublagem nos Simpsons, onde colocava voz em vários personagens. Sua mulher Brynn, que sofria de problemas psicológicos, de controle da ira, de grande ciúme e de álcool e drogas por causa de uma depressão, deu vários tiros na sua cabeça, chamou à polícia, e quando os agentes recusavam a acreditar na história da mulher e tiravam da casa os dois filhos do casal, Brynn trancou-se no banheiro e suicidou-se com um tiro na têmpora.

Peter Boyle (1935-2006)

Nascido na Pensilvânia, ganhou o prêmio de melhor ator pelo Emmy Awards de televisão e atuou em seriados e longas-metragens: Everybody Loves Raymond (seriado de comédia americano), Young Frankenstein (de Mel Brooks, 1974) , Taxi Driver e Outland,1981. Peter Boyle sempre foi um ator muito popular nos EUA. Grande ativista, junto a atores como Jane Fonda, em manifestações contra a guerra do Vietnã. Uma doença coronária provocou a sua morte em 2006.

Marty Feldman (1934-1982)

Filho de judeus russos-poloneses, ele iniciou a carreira no teatro da escola, que abandonou aos 15 anos para formar um grupo de jazz em Paris. Seu rosto excepcional, com olhos esbugalhados, um grande nariz e cabelos ruivos sempre revoltos foi marcante em todos os trabalhos que fez. Seus filmes mais conhecidos são: O Jovem Frankenstein (1974), dirigido por Mel Brooks ; O Irmão Mais Esperto de Sherlock Holmes (1975), dirigido por Gene Wilder; Silent Movie (1976), dirigido também por Mel Brooks e Yellowbeard (o último, lançado em 1983, após sua morte). Foi roteirista humorístico na Inglaterra, escrevendo, sobretudo junto ao pessoal do Monty Python, com os quais trabalhou durante um longo tempo e mantinha uma grande amizade. Dirigiu e atuou em The Last Remake of Beau Geste (1977) e In God We Tru$t (1980). Foi indicado ao Globo de Ouro de 1977 na categoria de melhor ator coadjuvante por Silent Movie. Morreu por uma intoxicação alimentícia no México em 1982 durante a filmagem de Yellowbeard.
Brittany Murphy (1977-2009)

Foi uma atriz e cantora americana. Ganhou notoriedade graças a seus papéis em filmes como As Patricinhas De Beverly Hills, Garota Interrompida, 8 Mile, Recém Casados, Sin City e Os Garotos Da Minha Vida. Ela também forneceu os vocais para a canção "Faster Kill Pussycat" do músico Paul Oakenfold, que atingiu a primeira posição na Billboard Hot Dance Club Songs e a sétima no UK Singles Chart em 2006. E também cantou para projetos humanitários junto com a cantora Avril Lavigne na coletânea Peace Songs, em 2006. Às 8:00 do dia 20 de dezembro de 2009, a atriz foi encontrada inconsciente no chuveiro pela mãe. Segundo a mãe Brittany passou o dia inteiro dentro de seu quarto, indo a toda hora no banheiro vomitando e desmaiando, disse também que Brittany estava se achando mais magra do que queria ser, foi levandata a hipótese dela ser dependente de medicamentos para emagrecer. Os bombeiros reanimaram no local, e ela foi em seguida transportada até o Centro Médico Cedars-Sinai, onde foi declarada morta ao dar entrada às 10:04 após sofrer uma parada cardiorrespiratória. A causa de sua morte foi pneumonia, anemia por deficiência de ferro. Brittany deixou um marido, que faleceu logo depois de problemas cardíacos.

Corey Haim (1971-2010)
Ator canadense, conhecido por sua carreira como ídolo teen dos anos 1980. Ele estrelou em vários filmes como Lucas, Os Garotos Perdidos, Sem Licença Para Dirigir e Um Sonho Diferente e, em particular, colaborou várias vezes com o também ator Corey Feldman. Haim e Feldman, estrelaram um programa televisivo intitulado The Two Coreys, que foi ao ar pela A&E Network em 2007 e 2008. Faleceu no dia 10 de março em Los Angeles, local onde vivia. A causa da morte foi uma conjunção de pneumonia, problemas cardíacos e respiratórios e não uma overdose como estava sendo divulgado anteriormente. A quantidade dos oito tipos de drogas encontradas em seu corpo - incluindo maconha - não foi suficiente para provocar sua morte.

Gary Coleman (1968-2010)
O ex-astro infantil morreu em 28 de maio de 2010, de hemorragia cerebral. O hospital informou que o ator não foi operado devido à fragilidade de sua saúde. Ainda de acordo com o hospital, os aparelhos que o mantinham vivo foram desligados por volta das 15h (horário de Brasília). O protagonista de "The Diffrent Strokes" (1978-1986) estava com 42 anos, tornou-se famoso com esta série televisiva e com "Arnold", que uma das mais populares nos Estados Unidos e no mundo na década de 1980. Esta foi à terceira emergência médica sofrida durante o ano por Coleman, que nasceu com uma doença congênita de rins que causou uma nefrite, paralisando seu crescimento. Após o término do seriado “Arnold” Gary teve muitas dificuldades de se recolocar no mercado de trabalho, tento inclusive em uma época de sua vida trabalhado como segurança. A saúde do ator havia piorado desde sua internação no dia 27 de maio. Coleman teria caído da escada de sua casa, localizada na cidade de Santaquin, próxima a Salt Lake City, e sofrido uma hemorragia intracraniana. De acordo com as informações obtidas, Coleman teria caído e batido a cabeça. Segundo o site do ator ele já teria sofrido duas convulsões nesse ano, uma delas durante uma entrevista de TV. Parece que Coleman ainda não teve seu descanso, pois a sua ex-mulher e sua ex-namorada estão brigando na justiça por suas cinzas e por seu espólio. As cinzas foram trancadas até que um tribunal decida com quem elas irão ficar, informa a CNN. Gary deixou dois testamentos, por isso a causa da briga judicial Anna Gray (a ex-namorada) foi nomeada em um testamento datado de 2005, e conseguiu que o juiz atrasasse a cremação do corpo do ator para que ela pudesse viajar de Portland, em Oregon, até Utah para participar da cerimônia. Ela alega que teve um relacionamento de oito anos, chegando a viverem juntos em Utah, pouco antes do envolvimento dele com Price, em 2005. Shannon Price, por sua vez, é apontada em uma carta escrita a mão por Coleman em 2007 que deveria servir como emenda aos testamentos anteriores. A carta aponta Price como sua única herdeira. Mesmo divorciada de Coleman desde 2008, os advogados de Price alegam que, mesmo separados judicialmente, eles ainda viviam juntos, dividiam contas bancárias e se apresentavam como marido e mulher. O divórcio do casal não foi divulgado até a morte de Coleman. Na ligação de emergência, Price se referiu a Coleman como seu marido e disse que ele tinha caído e estava sangrando fortemente pela cabeça. Ainda estando consciente, foi levado ao hospital, e veio a falecer dois dias depois de hemorragia cerebral. Foi Price quem ordenou o desligamento dos aparelhos que o mantinham vivo, ainda que inconsciente.

Carl Switzer (1927-1959)

Ex estrela infantil, foi um ator americano, criador de cães profissional e guia de caça, mais conhecido pela sua participação na série “Os Batutinhas” com a personagem Alfafa. Que veio a se tornar uma das personagens mais populares e lembrados da série. Quando passou para a adolescência, sua carreira estagnou e foi abandonada por ele aos poucos. Seu rosto e papel marcantes no seriado o atrabalharam na continuidade de sua carreira artística. Já adulto, antes de um trabalho de guia de caça, Carl emprestou um cão de caça a Moisés "Bud" Stiltz. Quando o cão foi perdido, Switzer ofereceu uma recompensa de US $ 50 para a devolução do cão. Um homem encontrou o cachorro, alguns dias depois e trouxe-o para o bar onde estava trabalhando Switzer. Ele pagou ao homem $ 35 completou os 15 restantes com um vale em bebidas o bar. Vários dias depois, em 21 de janeiro de 1959, Carl e seu amigo Jack Piott decidiram que quem devia pagar a recompensa pelo cachorro seria Stiltz, já que foi ele que o perdeu. Chegaram bêbados na casa Stiltz em Mission Hills, exigindo que o mesmo pagasse a quantia em questão. Carl desde criança tinha um
temperamento explosivo. Ele bateu na porta da frente Stiltz, exigente, e disse: "Deixe-me entrar, ou eu vou chutar a porta." Dentro da casa os dois começaram discussão. Iniciou-se uma luta. Piott supostamente golpeou Stiltz na cabeça com um relógio de cúpula em vidro, o que lhe causou a sangrar no olho esquerdo. Stiltz se recolheu ao seu quarto e voltou com um revólver calibre 38, mas Switzer que estava também com uma faca, tentou pegar a arma dele, resultando em um único tiro fosse disparado, que bateu no teto. Stiltz por sua vez, pegou a arma e atirou em Switzer na virilha. Sofrendo um sangramento interno massivo, foi declarado morto na chegada ao hospital. Após a morte de Switzer, Jack Piott deu uma segunda versão dos acontecimentos aos investigadores. De acordo com Piott, ele e Carl foram cobrar uma dívida de Stiltz, quando uma discussão começou. Piott disse uma breve luta e seguiu Stiltz brandido uma arma e disparou em Switzer, que estava desarmado. De acordo com relatórios da polícia, apenas implorando Piott foi capaz de salvar sua própria vida. A morte foi considerada um homicídio justificável já que Switzer alegadamente puxou uma faca;. Conseqüentemente, o tiroteio foi considerado auto-defesa. Durante o inquérito sobre a morte de Carl Switzer, foi revelado que o que foi relatado originalmente como uma "faca de caça" na verdade era apenas um canivete. Ele havia sido encontrado pelos investigadores da cena do crime sob seu corpo, mas sem lâmina exposta. Em 25 de janeiro de 2001, uma terceira testemunha apareceu e deu uma outra versão dos acontecimentos de 21 de janeiro, 1959. A testemunha Tom Corrigan, de 56 anos de idade, filho da estrela de cinema ocidental Ray "Bater" Corrigan e enteado de Moisés Stiltz, esteve presente na noite em que Switzer foi morto. "Foi mais como assassinato," disse Corrigan, a repórteres. Fugindo da confusão, Corrigan tinha acabado de sair pela porta da frente, quando ouviu um segundo tiro atrás dele. Ele não viu seu padrasto atirar em Switzer, mas quando ele se virou viu Switzer com um olhar de surpresa em seu rosto e um tiro na virilha. Corrigan disse que viu um canivete fechado no lado Switzer, que ele presume que tenha caído de seu bolso ou da mão. Ele testemunhou o seu padrastro ameaçar de morte Piott, que implorou por sua vida. Eles ouviram as sirenes de emergência, portanto Corrigan acredita que foi por isso que Piott não foi morto. Corrigan lembrou que seu padrasto mentiu na sua versão do evento para as autoridades. Tom alega que um já falecido policial de Los Angeles, o detetive do departamento Pat Pow, entrevistou-o e lhe perguntou se ele iria depor perante um juiz. Corrigan alega ter acordado,
embora por razões desconhecidas, ele nunca foi chamado perante ao júri. "Ele não precisava matá-lo", disse Corrigan. Carl Switzer foi enterrado no Hollywood Forever Cemetery, em Hollywood, Califórnia. Sua morte passou praticamente despercebida nos meios de comunicação, porque Carl morreu no mesmo dia em que Cecil B. DeMille. Switzer recebeu apenas pequenas notas na maioria dos jornais, enquanto obituário DeMille dominou as manchetes.
Observação: Em sua lápide, que consta a imagem de um cão, alguém de brincadeira envolveu o olho do cão como o na personagem canina dos Batutinhas. Há quem pense que está o cão e não Carl Switzer. oO

Brad Renfro (1982-2008)

O pai de Brad abandonou a família quando ele ainda era pequeno e Brad foi criado por sua avó. Foi descoberto aos 10 anos de idade por uma diretora de elenco que estava buscando um rosto novo para a nova produção do diretor Joel Schumacher "O Cliente", que seria rodado em breve. Viajou para a Califórnia para fazer os testes e foi aceito. O filme estreou em 20 de julho de 1994, sendo seu primeiro papel e que lhe deu prestígio para atuar em vários filmes depois, mesmo não tendo nenhuma expêriencia anterior em atuação. Seu papel seguinte foi como Eric, um garoto deslocado que encontra em seu vizinho, um menino portador do vírus da AIDS, um amigo e cumplice em uma aventura tocante em "A Cura" em 1995, depois atuou como o papel principal em "Tom & Huck" em 1995, ao lado do ator Jonathan Taylor Thomas, demonstrando um razoavel talento em comedia. Em 1996 fez um papel marcante em "Sleepers - A Vingança Adormecida", onde atuava como um dos adolescentes que, após provocarem acidentalmente a morte de um homem durante uma brincadeira, são levados a um reformatório onde são torturados e abusados sexualmente. Neste filme atuou ao lado de astros como Robert De Niro, Dustin Hoffman, Brad Pitt e Kevin Bacon. Brad Renfro ganhou em 1995 o prêmio The Hollywood Reporter's Young Star Award, promovido pela revista The Hollywood Reporter, e foi indicado como uma das 30 pessoas mais famosas do mundo antes de 30 anos pela revista People. Depois disso desapareceu da midia popular por um período aproximado de dezesseis meses. Retornou em 1998, no papel de Todd Bowden, um garoto que descobre que seu vizinho foi um oficial nazista de um campo de concentração, e para não delatá-lo a policia, o idoso deveria contar em detalhes sobre como os judeus morriam na prisão. O filme, "O Aprendiz" 1998 era baseado em um conto do escritor Stephen King, e no papel do ex-oficial estava o grande ator inglês Ian McKellen. Nesse mesmo período, atuou em um comercial para o videogame Resident Evil 2 no Japão, que teve a direção do famoso diretor de filmes de zumbis George Romero, mas que nunca foi veiculado. A partir de 1998 começou a ter uma série de problemas com a lei devido ao uso de drogas, chegando a ter que interromper sua carreira por quase um ano, fazer tratamento de desintoxicação e passar um tempo na prisão. Continuou atuando em filmes de pouca expressão, como Bully (2001), Ghost World (2002) e Collector (2008). Brad Renfro foi encontrado morto em sua casa em Los Angeles, Califórnia, em 15 de janeiro de 2008, aos 25 anos. A causa da morte foi dada como overdose de heroína. Ele estava atuando em "The Informers", ao lado de atores como Mickey Rourke, Winona Ryder e Billy Bob Thornton, trabalho que deixou inacabado. Uma semana antes do ator Heath Ledger também ter a mesma causa de morte, overdose, só que este alegada como medicamentosa.

6 comentários:

MARCOS NASCIMENTO disse...

Jane, parabéns pelo seu ótimo blospot e espero que outros internautas pesquisadores e amantes do mundo do cinema e TV possam descobrir seu blog pesquisando assim como eu fiz. É incrível descobrir o destino de tantos atores e atrizes que de certa forma fizeram parte de nossas vidas em nossos momentos de entretenimento quando assistíamos filmes ou seriados. Cada um teve um destino diferente e alguns poucos continuam até hoje a fazer sucesso, mas tudo isso deve-se a mídia que elege um ator em detrimento de outro, bem como no mesmo caso as atrizes também.
Parabéns pelo blog e pelas preciosas informações.

Jane disse...

Obrigada Marcos, eu fico muito contente quando alguém gosta do Blogg e demosntra. Eu o tenho desde 2008 e o faço com muito carinho! Obrigada!!!!

glauco castilho disse...

Parabéns pelo blog anjo.
Sou muito curioso em varios assuntos.
É alguns desses são meios mórbidos.

Bjs.

Paz e sabedoria.

Jane disse...

É, eu sei como é isso. Eu também tenho vários tipos de curiosidades, e puxo pelo mórbido também. Mas acho que conhecimento, mesmo que seja sobre a morte não tem nada de mais. É natural, afinal todos um dia seguiremos esse caminho.

Louise Morena disse...

Adorei seu blog. Parabéns! Não dá para parar de ler... :-)

Marco Aurélio disse...

Poxa! Parabéns pelo blog. Adorei a postagem dos artistas que morreram e houve pouca divulgação... Muito bacana!

"Nós nascemos sozinhos, vivemos sozinhos, morremos sozinhos. Somente através do amor e da amizade podemos criar a ilusão por um momento que não estamos sozinhos."
Orson Wells

Fish

Fenix

Fenix

I Will Survive

At first, I was afraid, I was petrified. Kept thinkin' I could never live Without you by my side, But then I spent so many nights Thinkin' how you did me wrong. And I grew strong And I learned how to get along. And so you're back from outer space. I just walked in to find you here With that sad look upon your face. I should've changed that stupid lock, I should've made you leave your key, If I had known, for just one second, You'd be back to bother me. Well, now go! Walk out the door! Just turn around now, 'Cause you're not welcome anymore! Weren't you the one Who tried to hurt me with goodbye? Did you think I'd crumble? Did you think I'd lay down and die? Oh no, not I! I will survive! Oh, as long as I know how to love, I know I'll stay alive! I've got all my life to live. I've got all my love to give. And I'll survive! I will survive! Hey, Hey! It took all the strength I had Not to fall apart And trying hard to mend the pieces Of my broken heart. And I spent, oh, so many nights Just feeling sorry for myself. I used to cry, But now I hold my head up high! And you'll see me, somebody new, I'm not that chained up little person Still in love with you. And so you felt like droppin' in And just expect me to be free, But now I'm savin' all my lovin' For someone who's lovin' me! Go now! Go! Walk out the door! Just turn around now! 'Cause you're not welcome anymore! Weren't you the one Who tried to break me with goodbye? Did you think I'd crumble? Did you think I'd lay down and die? Oh no, not I! I will survive! Oh, as long as I know how to love I know I'll stay alive! I've got all my life to live. I've got all my love to give. And I'll survive. I will survive! Oohh.. Go now! Go! Walk out the door! Just turn around now! 'Cause you're not welcome anymore! Weren't you the one Who tried to break me with goodbye? Did you think I'd crumble? Did you think I'd lay down and die? Oh no, not I! I will survive! Oh, as long as I know how to love I know I'll stay alive! And I've got all my life to live. And I've got all my love to give. And I'll survive. I will survive! I will survive!

Eu

Image and video hosting by TinyPic

Frog

Resolutions for 2011

Resolutions for 2011

Fale comigo

Atualizações Por Email

Meus textos no Me, Myself and I

"Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez".

"Quando Deus tira algo de você, Ele não está punindo-o, mas apenas abrindo suas mãos para receber algo melhor".

"A Vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não possa protegê-lo".

O Corpo Fala...

O resfriado escorre quando o corpo não chora.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
O diabetes invade quando a solidão dói.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O coração desiste quando o sentido da vida parece terminar.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
As neuroses paralisam quando a “criança interna” tiraniza.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
E as tuas dores caladas ? como elas falam no teu corpo ? Mas cuidado....escolha o que falar, com quem, onde, quando e como !!! Crianças é que contam tudo , para todos, a qualquer hora, de qualquer forma. Passar relatório é ingenuidade. Escolha alguém que possa te ajudar a organizar as idéias, harmonizar as sensações e recuperar a alegria. Todos precisam saudavelmente de um ouvinte interessado. Mas tudo depende, principalmente, do nosso esforço pessoal para fazer acontecer as mudanças na nossa vida !!!

Colaboração de Dani D'Andrea

Água mole em pedra dura...

Água mole em pedra dura...

"Boas meninas vão para o céu.

"Boas meninas vão para o céu.
As más vão para qualquer lugar" H.G.Brown

Beijo BEM DADO!

Beijo BEM DADO!
13 de Abril - Dia do Beijo!

Robert & Kristen

Robert & Kristen
Essa foto é quente!!!

Pervert



Janet Cullen

Mulher Maravilha

Mulher Maravilha

Visualizações de páginas da semana passada

Robert Pattinson Ai Meu Deus!

Robert Pattinson Ai Meu Deus!
Niver: 13/05

If I Ain't Got You

Some people live for the fortune
Some people live just for the fame
Some people live for the power
Some people live just to play the game

Some people think that the physical things
Define what's within
I've been there before but that life's a bore
So full of the superficial

Some people want it all
But I don't want nothing at all
If it ain't you, baby
If I ain't got you, baby

Some people want diamond rings
Some just want everything
But everything means nothing
If I ain't got you

Some people search for a fountain
That promises forever young
Some people need three dozen roses
And that's the only way to prove you love him

Hand me the world on a silver platter
And what good would it be?
With no one to share
With no one who truly cares for me

Addicted

Addicted

Iemanjá


FREEDOM

FREEDOM
passarinho na gaiola não canta, lamenta.

Yes, I do

Yes, I do

Bruninho bonitinho...

Bruninho bonitinho,
Se vovozinho pegar
Você dormindo no

Meu sofazinho gostosinho,
Vai cortar seu pir*zinho!




TOMA! ! ! ! !


VINGANÇA!!!!!

Dresses, Shoes, Bags and Tenis

Mood

My Unkymood Punkymood (Unkymoods)

Seja antes de tudo Humano...

Seja antes de tudo Humano...
Com seu próximo!

Coments...

Coments...

Bipolar

Bipolar

Janelândia

Janelândia
Passo muito tempo aqui.

Seguidores

Eu Bloggo! Desde 15/01/08

Eu Bloggo! Desde 15/01/08
TU BLOGAS?

Avise, deixe BEM claro!

Avise, deixe BEM claro!